Trecho da Rio-Santos no Litoral Norte poderá ser incluído na nova concessão da Via Dutra

Fonte: Ministério da Infraestrutura
O ministro da infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas, debateu com o governador João Doria, entre outros projetos, os estudos para concessão do trecho da Rio-Santos no Litoral Norte. O vencedor da licitação administraria também o trecho paulista da rodovia Rio-Santos.
Eles também alinharam informações sobre outros projetos em andamento para melhoria da logística no estado, como a concessão da BR-101, conhecida como Rio-Santos, localizada no litoral norte de São Paulo. A proposta é incluir o trecho na concessão da rodovia Dutra (BR-116/RJ/SP), que está em fase de elaboração dos estudos para a nova licitação.
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, recebeu, na quinta-feira (10), o governador de São Paulo, João Dória, e sua equipe de governo, para debater a viabilização do Ferroanel de São Paulo, do projeto do Trem Intercidades e a concessão da rodovia Rio-Santos, no litoral norte do estado paulista. “Esses são projetos que vamos conduzir a quatro mãos e tenho certeza que serão muito bem-sucedidos”, anunciou o ministro.
O Ferroanel de São Paulo será feito com recursos privados, a partir da renovação antecipada do contrato da MRS Logística S/A, que hoje se encontra em fase de estudos pelo Governo Federal.
Já as duas linhas do projeto do Trem Intercidades, também será feito pelo setor privado, por meio de licitação, e haverá o compartilhamento das linhas já existentes. “Temos total condição para acomodar a operação do trem de passageiros”, pontuou o ministro. O projeto prevê a ligação entre a capital paulista para a região metropolitana de Campinas e a região do Vale do Paraíba.
Na reunião, também participaram do encontro o secretário estadual da Fazenda, Henrique Meirelles, o secretário municipal de Transportes, Alexandre Baldy, o chefe do Escritório de Representação de São Paulo em Brasília, Antônio Imbassahy, o secretário da Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, o secretário estadual de Logística e Transportes de São Paulo, João Octaviano, a deputada Joice Hasselmann, o diretor da ANTT, Sérgio Lobo, além do secretário-executivo do ministério, Marcelo Sampaio.