Tempo máximo de permanência em Paraty agora é dez dias

Paraty (RJ) emitiu um decreto com novas regras para o enfrentamento da pandemia após o número de casos de Covid-19 voltar a aumentar na cidade. As mudanças passam a valer a partir desta segunda (17).

De acordo com o Comitê de Emergência de Combate à Covid-19, as medidas tomadas foram necessárias devido ao aumento de atendimentos no Hospital Municipal de Paraty, com pacientes apresentando síndrome gripal testando positivo para a doença.

De acordo com a Viva Rio, a média diária de atendimentos saltou de 220 pessoas, na primeira quinzena de dezembro, para 500 pessoas nas últimas duas semanas, conforme divulgado no decreto.

As principais alterações são no horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais e eventos sociais.

Confira as medidas:

Fica proibida a realização de eventos de qualquer natureza que possam gerar aglomerações no município até que haja uma reavaliação do comitê;
Com isso, está suspensa a programação do Festival de Verão, assim como outras iniciativas com apoio da Prefeitura. Ficam proibidos também os eventos particulares;
Turistas que testarem positivo para Covid-19 terão que fazer quarentena nas pousadas ou casas de veraneio ou retornar para suas cidades de origem. O descumprimento da normativa implicará multa para o proprietário da pousada ou dono do imóvel alugado (inclusive condomínios);
O tempo máximo de permanência de turistas em Paraty estará limitado a dez dias, até que o cenário da pandemia seja reavaliado pelo Comitê de Emergência.