Prefeitura inicia vacinação contra covid para crianças de 4 anos em S. J. dos Campos

A Prefeitura de São José dos Campos inicia, nesta segunda-feira (8), a aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 em crianças de 4 anos. Atualmente, a imunização já acontece em crianças com 5 anos ou mais e, nesta semana, foi iniciada a vacinação das crianças de 3 e 4 anos com imunossupressão (veja lista abaixo).

A cidade conta com 8.979 crianças com quatro anos e a expectativa é que os responsáveis procurem os postos de vacinação para a imunização. Ainda não há previsão de início para as crianças de 3 anos que não tenham imunossupressão.

Nesta semana também foi iniciada a aplicação da 4ª dose – segundo reforço – para as pessoas com 30 anos ou mais. A quarta dose também está disponível para os profissionais que atuam na área da saúde, tanto na rede pública quanto na privada (veja a lista abaixo).

Para receber as doses de reforço é preciso respeitar um intervalo de no mínimo 4 meses desde a última dose da vacina contra a covid-19.

A Prefeitura reforça que a imunização é o melhor caminho para evitar o surgimento de novas variantes e o aumento de casos, internações e óbitos. A cidade, assim como o país, continua com baixa adesão das crianças e com faltosos nas doses de reforço.

Considerados como imunossuprimidos

I – Imunodeficiência primária grave
II – Quimioterapia para câncer
III – Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
IV – Pessoas vivendo com HIV/Aids
V – Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.
VI – Uso de drogas modificadoras da resposta imune – Metotrexato; Leflunomida; Micofenolato de mofetila; Azatiprina; Ciclofosfamida; 6- mercaptopurina; Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe)
VII-Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias
VIII – Pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise)

Reforço para adolescentes

Todos os adolescentes de 12 a 17 anos já podem receber a 1ª dose de reforço da vacina contra a covid-19.

5ª dose de reforço

A Prefeitura iniciou em junho a aplicação da terceira dose de reforço para as pessoas com 50 anos ou mais que tenham imunossupressão (veja a lista abaixo) e para as pessoas com 40 anos ou mais que tenham recebido a dose única de Janssen.

Considerados trabalhadores de saúde

Todos os trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais:
– Médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares, assim como os trabalhadores de apoio: recepcionistas, seguranças, serviços gerais, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras, entre outros.
A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde.

Pontos de vacinação durante a semana

– UBS’s Resolve (Unidades Básicas de Saúde), das 8h às 17h, com distribuição de senhas a partir das 8h, e às 13h até o esgotamento delas ou de acordo com a capacidade operacional e estrutura física de cada unidade.
– Colégio Tableau, das 8h às 21h.
– Cefe (Centro de Formação do Educador), das 18h às 21h.
– Unidades do Laboratório Cipax do Vale Sul Shopping e Praça Afonso Pena, das 10h às 16h.