Policial Civil que estava desaparecido na mata em Piquete é encontrado morto em local de difícil acesso

Foto: Policiais do COE durante buscas na mata em Piquete
Desaparecido na mata em Piquete desde o último dia 3, foi encontrado o corpo do policial civil Valtemir Espindola, 49 anos, na tarde de domingo (14), após buscas que se estenderam por 10 dias e contaram com bombeiros e Policiais do Comando de Operações Especiais (COE), além de voluntários e familiares.

A remoção da vítima será feita nesta segunda-feira (15) em virtude do corpo se encontrar em local de difícil acesso na serra de São Francisco, divisa dos Estados de Minas Gerais e São Paulo.

Valtemir saiu para pescar sozinho no dia 3, quando adentrou a mata de onde não mais saiu, até o descobrimento de seu corpo no domingo. O policial era de Piquete e estava lotado na Delegacia de Lorena.

O policial conseguiu fazer alguns contatos por telefone quando se sentiu perdido na mata, nos dias 4 e 5, para depois não mais se comunicar. Falou com familiares e com bombeiros.

No dia 7 os trabalhos de buscas passaram a contar com uma equipe do COE com base em São Paulo. As buscas foram ininterruptas todos os dias, se iniciando ao amanhecer e encerrando no início da noite.

Nesta segunda-feira o corpo do policial será resgatado.