Polêmica: Suspensa a competição das escolas de samba no Carnaval 2019 de Guaratinguetá

As escolas de samba receberão dotação, mas desfilarão sem contagem de pontos. Guaratinguetá vai gastar R$ 150 mil em “cachê” para as escolas de samba.
O chamado carnaval participativo, desperta a indignação dos carnavalescos que não abrem mão do certame das escolas de samba, na Avenida Presidente Vargas.

Nota oficial da Prefeitura

A Prefeitura atendeu à solicitação das agremiações carnavalescas e OESG (Organização das Escolas de Samba de Guaratinguetá) para que o Desfile das Escolas de Samba do Carnaval 2019 seja participativo, sem competição entre as agremiações.
Falta o pedido de cancelamento da Oesg
A solicitação será formalizada por escrito pela Oesg para o cancelamento do Edital de Chamamento Público N°002/2018 lançado recentemente voltado para o desfile competitivo. Um novo Edital com as modificações será publicado nos próximos dias para Credenciamento das Escolas de Samba para o Carnaval 2019.
O edital definirá que as agremiações realizem apresentações artísticas, tarefas preparatórias e participem do Desfile participativo no dia 5 de março de 2019, recebendo como contrapartida o valor de R$ 25 mil reais.
O que motivou o pedido de mudança foi a situação econômica das Agremiações Carnavalescas.