PL de deputado mineiro bolsonarista pode impedir Lula de se candidatar

Um Projeto de Lei (PL) protocolado em 2 de setembro deste ano na Câmara dos Deputados pelo deputado federal Cabo Junio Amaral (PSL-MG) busca tornar inelegível por oito anos o cidadão que tenha sido condenado à prisão. O texto ignora o fato de possíveis anulações ou revogações no processo dessas condenações.

Junio Amaral propõe, conforme consta no PL, “vedação ao registro de candidatura dos que tenham cumprido pena privativa de liberdade, determinada por autoridade judicial, ainda que posteriormente revogada, pelo período de 08 (oito anos), contados do fim do cumprimento da pena”.
Caso o texto avance e seja aprovado, alguns “figurões” da política podem ter os direitos políticos desconsiderados para as eleições de 2022 a partir da ação de Junio Amaral, apoiador de Jair Bolsonaro (sem partido), presidente da República. Um deles é Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que governou o Brasil entre 2003 e 2010 e se apresenta como um dos principais nomes para o pleito do próximo ano.

Fonte: Site Estado de Minas