Operação Tamoio: Polícia Rodoviária Federal apreende 389 kg de maconha no primeiro dia


Em atividades orientadas para enfrentamento à criminalidade foram apreendidos 389 quilos de maconha, mais de mil peças de vestuário falsificado e 20 pássaros silvestres; um semi-reboque foi recuperado e dois motoristas, que violaram suspensão da CNH, detidos
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em São Paulo iniciou nessa quinta-feira (28) a Operação Tamoio, que tem por objetivo realizar ações de combate ao crime, com foco em enfrentamento ao roubo de cargas. Já no primeiro dia de atividades, 06 ocorrências foram registradas, demonstrando à sociedade que nem mesmo as restrições resultantes da pandemia do Coronavírus impedem a PRF de seguir atuante em sua missão.

Na ocorrência de maior relevância, registrada no município de Embu das Artes, uma operação integrada entre PRF e Polícia Civil de São Paulo interceptou um carregamento de 389 quilos de maconha, escondidos em um galpão e que estavam sendo fracionados para distribuição.

A expertise policial, um dos pontos basilares da Operação Tamoio, foi fundamental para a identificação do crime de receptação envolvendo um caminhão tracionando um semirreboque. Em atividade realizada na rodovia Régis Bittencourt (BR-116), no município de Registro, agentes aplicaram procedimentos de fiscalização detalhada dos sinais identificadores do veículo e constataram indícios de falsificação no documento (CRLV). O condutor do veículo foi preso por receptação e uso de documento falso.

Ainda na Rodovia Régis Bittencourt, na cidade de Juquiá, em fiscalização orientada por informações do serviço de inteligência, mais de mil peças de produtos falsificados, adquiridos na rua 25 de março, famosa região de comércio popular no centro de São Paulo e tinham como destino o estado de Santa Catarina, foram interceptados em um veículo utilitário.

Minutos depois, um veículo de passeio despertou atenção dos agentes, demandando abordagem. No interior do automóvel, foram encontrados 20 pássaros silvestres, que eram transportados em apenas duas gaiolas, sem as documentações pertinentes (licença ambiental, anilhas, entre outros), consolidando assim crime ambiental.

Já na rodovia Fernão Dias (BR-381), principal ligação entre os estados de São Paulo e Minas Gerais, dois motoristas foram flagrados na direção de veículo com a carteira nacional de habilitação (CNH) suspensa. Essa conduta constitui crime previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Entenda a Operação Tamoio

O Departamento de Polícia Rodoviária Federal, em atividade denominada Operação Tamoio, determinou a execução de ações de combate ao crime, com foco no enfrentamento ao roubo de cargas, com orientação contínua dos operadores de inteligência e utilização prioritária de recursos especializados (pessoal e equipamentos).

O termo TAMOIO tem origem na palavra TAMUÍA (tupi-guarani), que significa: o avô, o antepassado. A confederação dos Tamoios foi uma aliança de tribos indígenas (Tupinambás, Goitacás, Guaianás e Aimorés), estabelecida no século XVI, que teve como objetivo combater portugueses e tribos indígenas que apoiavam os estrangeiros.

Com informações da Comunicação Social da Polícia Rodoviária Federal SP