Nesta segunda-feira, 3, abertura em Ubatuba do Congresso da Academia Internacional de Astronáutica

Ubatuba sedia, de 03 a 07 de dezembro, o 3rd IAA-LACW terceira edição do Congresso da Academia Internacional de Astronáutica (IAA), realizado no Teatro Municipal.
A iniciativa irá manter o foco em tópicos relacionados às tecnologias de pequenos satélites, promovendo um fórum entre cientistas e engenheiros, a fim de discutir suas conquistas e descobertas sobre tecnologia de ponta.
Considerando o aumento ao interesse ao CubeSat e em outros pequenos satélites em atividade, e o sucesso recente das iniciativas da America Latina, a Academia Internacional de Astronáutica organizou um workshop com participantes da indústria e estudantes, que terão oportunidade para compartilhar seu conhecimento profissional e expandir sua rede de contatos na área.
Segundo o coordenador do projeto UbatubaSat, da Escola Municipal Presidente Tancredo de Almeida Neves, professor Cândido de Moura, a Academia Internacional de Astronáutica é uma sociedade científica cujo primeiro presidente foi Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua.
“O congresso está recebendo cientistas de todo o mundo, vindo de países como Russia, Ucrânia, Estados Unidos e Inglaterra, além de países da América Latina, como a Argentina. Eles vieram para cá como uma forma de reconhecimento da IAA perante o trabalho desenvolvido pelos nossos alunos”, explicou Moura.
Na programação, haverá abordagem sobre novidades técnicas e visões gerais de tutorial sobre o CubeSat e tópicos relacionados a pequenos satélites, mas não limitados a eles, discutindo temas como missões e aplicações inovadoras do CubeSat, desenvolvimento do espaço, sensoriamento remoto e observação da Terra, soluções inovadoras para subsistemas universitários de satélite, CubeSats – futuras cargas úteis e experimentos, dentre outros.
A organização espera que o sucesso das edições realizadas em 2014 e 2016, sediadas em Brasília e Florianópólis, seja repetida.
De acordo com Moura, simultaneamente ao Congresso, também acontece uma