Museu do Bairro São Francisco é opção de passeio cultural em São Sebastião

Fonte: Prefeitura de São Sebastião
O Museu do Bairro São Francisco, localizado na Região Central de São Sebastião, é uma ótima opção de passeio cultural na cidade. Inaugurado em setembro do ano passado, o espaço cultural reúne memórias e saberes caiçaras.
O local é de responsabilidade da FUNDASS – Fundação Educacional e Cultural Deodato Sant’Anna, com o apoio do Departamento de Patrimônio Histórico de São Sebastião, e apresenta ao público a Exposição “Memória, Tradição e História: Congada e Cerâmica”.
Lá, as peças expostas têm o intuito de enaltecer todos os que contribuíram e ainda contribuem para sua identidade cultural, além de valorizar e salvaguardar a cultura material e imaterial do Bairro de São Francisco.
Um corredor central apresenta o Bairro, o Museu enquanto construção histórica, o Convento Franciscano de Nossa Senhora do Amparo, o prédio mais antigo da cidade, e as famílias tradicionais, nas quais os homens se ocupavam da pesca e as mulheres da fabricação de peças artesanais de barro.
Em uma sala ao lado podem ser vistos potes de barro confeccionados pela paneleira mais antiga do Bairro, Adélia Barsotti, e outras cerâmicas tradicionais, além de um exemplar da cerâmica encontrado no Sítio Arqueológico São Francisco.
Outra sala apresenta a centenária Congada e seu vestuário, indumentário e instrumentos musicais.
O Museu do Bairro de São Francisco fica na Rua Martins do Val, nº 81, bairro São Francisco, em frente ao Centro Cultural Batuíra. Com entrada gratuita, o espaço fica aberto ao público de segunda a sábado, das 9h às 18 horas, acolhendo sempre exposições que tenham como protagonistas o Bairro de São Francisco e seus moradores.
O engenheiro aeronáutico Paulo Sérgio Pinto dos Santos Pereira, em mais uma visita à cidade, disse que nunca tinha reparado a existência do Museu ali e, curioso, entrou para conhecer o local. “Isso é sensacional. Conheço muitos lugares e museus no mundo e tem que ter mesmo um espaço físico para estimular que as pessoas tragam histórias e artigos para expor. Temos um povo maravilhoso, cheio de histórias, e é preciso dar esse exemplo. Parabéns pelo espaço e pela energia que estão colocando aqui”, disse.
Maria Magdalena Draxler Damásio, professora de Artes aposentada, é quem cuida do Museu. “Recebo pessoas do mundo todo, escolas. É uma grande satisfação ter um Museu em nossa cidade. As pessoas que moram aqui dão muito valor, se empoderam com as fotos das famílias antigas, tradicionais”, destacou Magdalena, que avisou que o espaço receberá uma sala de vídeo e outras novidades.
“Venham conhecer nosso Museu. Temos um jardim muito bonito e já realizamos muitos eventos, alguns em parceria com o Espaço Batuíra. Os pescadores nos dão bastante apoio também, estão sempre por aqui”.
Serviço:
Museu do Bairro de São Francisco
Rua Martins do Val, nº 81, bairro São Francisco
Segunda a sábado, das 9h às 18h
Mais informações: (12) 3892-2815