Mulher é detida por espancar cão poodle em Guaratinguetá

Na quinta-feira (07), período da tarde, moradores do bairro Nova Guará, em Guaratinguetá, registraram uma denúncia de maus tratos que um cachorro estaria sofrendo nas mãos de uma mulher de 38 anos. Acionada, a Polícia Militar Ambiental foi até o local e encontrou o cão bastante machucado. Segundo o teor da denúncia, o animal estava sendo espancado. Devido ao estado do cão causar preocupação, ele foi encaminhado a um médico veterinário. O laudo acusou que o cão da raça poodle se ressentia de dores na região dorsal, além de desidratação e demonstração de fome. A mulher por sua vez, foi apresentada na delegacia, onde a autoridade estipulou a multa no valor de R$ 3 mil em razão dos maus tratos infringidos ao animal. A mulher foi liberada e o cão ficou em observação na clínica veterinária.
Consciência
Crescem as denúncias de maus tratos, e a sociedade vem mudando no sentido de proteger e tratar com dignidade os animais. O governo federal já sinalizou que tem a intenção de criar uma secretaria de proteção aos animais, o que vai fortalecer as entidades que trabalham na defesa e preservação dos animais. Cães e gatos subiram de patamar na escala social e hoje movimentam milhões de reais na indústria e comércio no segmento pet.