Jovem de 19 anos é morta a tiros em Canas por ex-namorado, que se suicida em Lorena

Foto: reprodução facebook.

Mais um crime de feminicidio vai para as estatísticas no Brasil. Apesar do endurecimento da pena, ainda assim, mulheres continuam morrendo de forma violenta.

O município de Canas foi abalado pelo assassinato de uma jovem de 19 anos, tendo como suspeito seu ex-namorado de 21 anos. A história se repete: o homem inconformado com a separação recorre a violência.

O crime ocorreu na manhã de terça-feira (13). Por volta das 10,00h a jovem caminhava pela Avenida 22 de março, centro de Canas, quando recebeu vários disparos. Socorrida, não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Polícia foi acionada pelos familiares da vítima e iniciou a busca do suspeito. Ele foi encontrado no bairro Santa Edwiges, em Lorena. Ao se deparar com os policiais, o jovem atirou contra a própria cabeça, se suicidando. O rapaz chegou a ser levado para o Pronto Socorro, mas não resistiu e faleceu. Entre a morte da jovem em Canas e o suicídio do suspeito, decorreram 60 minutos.

Os dois jovens tinham uma filha de 10 meses. Segundo as primeiras informações, o rapaz não se conformava com a separação. As ocorrências foram registradas nas Delegacias de Canas e Lorena.