Instituto Argonauta e Aquário de Ubatuba promovem mobilização no dia mundial de limpeza de praia

 

As duas instituições pioneiras no Brasil em educação ambiental focada no problema do lixo no mar, promovem ações nos dias 15 e 20 deste mês para comemorar o Dia Mundial de Limpeza de Praia, com intuito de fomentar e conscientizar a população sobre a contaminação pelo lixo lançado no mar ou deixado nas praias

O Instituto Argonauta e o Aquário de Ubatuba, em parceria com o Projeto Tamar e a ONG Gaiato (Grupo Aberto à Infância e à Adolescência), promovem ações no sábado, 15, e na próxima quinta-feira, 20, para comemorar o Dia Mundial de Limpeza de Praia. Estes eventos de mobilização voluntária têm por objetivo conscientizar as pessoas sobre a problemática do lixo no mar. A ação de mobilização no sábado ocorrerá na praia do Perequê-açu, a partir das 9h, em frente à futura base do Instituto Argonauta. 


Já na quinta-feira, os interessados em participar do movimento devem realizar a inscrição pessoalmente, no dia do evento, às 8h30 junto aos educadores ambientais, que recepcionarão os interessados na praça da Baleia, em frente ao Aquário de Ubatuba. A campanha reúne escolas e já possui 140 crianças confirmadas, em uma série de atividades e programas que restauram ambientes locais. Depois da limpeza de praia, o Projeto Tamar realizará a reintrodução de uma tartaruga resgatada ao mar e as crianças que participarem da limpeza poderão visitar o Aquário gratuitamente.


O Aquário de Ubatuba e o Projeto Tamar foram as primeiras instituições no país a trabalharem com educação ambiental focada no problema do lixo marinho. As duas instituições, desde 1997, realizam uma campanha permanente contra o lixo no mar e foram pioneiras nas ações do clean up day no Brasil.
Ao longo desses últimos dois anos de atividades, o Instituto Argonauta já recolheu mais de 16 toneladas de lixo nas praias assistidas pelo Programa de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) na região do litoral Norte paulista. Este lixo recolhido foi quantificado e qualificado pelos técnicos do instituto.


Segundo o presidente do Instituto Argonauta, o oceanógrafo Hugo Gallo, desde o início do PMP-BS (Programa de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos), no período de setembro de 2015 a setembro de 2018, foram necropsiados 2.888 animais marinhos, sendo 1.933 tartarugas e desse total, 25% tiveram interação e até morte causada pelo lixo que é lançado ao mar ou deixado nas praias.
Na versão 2018, o Dia Mundial de Limpeza de Praia (clean up day) vai envolver mais de 16 milhões de pessoas em 113 países ao redor do mundo, que se juntam na coleta de resíduos despejados ilegalmente.


Ao final do evento, todo o material coletado será pesado e quantificado para uma auditoria das marcas mais presentes no lixo. A metodologia de auditoria de marcas faz parte das ações do Gaia, uma aliança global, parceira do Instituto Argonauta e do Aquário de Ubatuba nesta mobilização, juntamente com a Prefeitura de Ubatuba, por meio da secretaria municipal de Educação, com a participação voluntária dos alunos e professores da Escola Municipal professora Dionízia Bueno Velloso e da equipe do Biotrupe.

Auditoria de marcas:
No âmbito da campanha Free Plastic Break, esta atividade consiste na realização de uma limpeza num local específico e na identificação das marcas responsáveis pelos plásticos e resíduos geralmente encontrados. É uma ferramenta poderosa para mudar a história e a percepção pública da conexão da contaminação por plásticos como um problema de gerenciamento de resíduos para um produto-problema da ganância das corporações. Por fim, os resultados são divulgados para denunciar e conscientizar sobre as responsabilidades das marcas, além de influenciar as informações coletadas nos espaços internacionais para pressionar as empresas.