Homem é preso suspeito de matar jovem carbonizada com quem teria tido caso extraconjugal em Praia Grande litoral de SP

Casal de jovens é detido para investigações, sob suspeita de terem matado a jovem Vitória Luiza da Silva, 20 anos, ateando fogo em seu corpo, que foi encontrado na quinta-feira, 01, em Praia Grande, município do litoral de São Paulo.

Segundo apurado pela reportagem, o suspeito teria mantido um romance extraconjugal com a vítima, que resolveu terminar quando soube que o rapaz é casado. O suspeito teria insistido em manter o caso, tendo alegado que havia se separado da esposa.

A polícia junta elementos que possam esclarecer o crime. Em princípio o suspeito tentou isentar a esposa de participação no homicídio, mas ela estaria presente no local do crime. A vítima teria sido arrastado para o local onde seria assassinada, tendo caído e batido a cabeça, conforme exames cadavéricos atestam.

Câmeras de segurança da prefeitura colocam o carro do suspeito na região onde ocorreu o crime. Outras evidências estão sendo reunidas pela Polícia Civil. O suspeito teria assumido a autoria do crime. O comerciante tem 25 anos e a esposa 23.