Gaivota encontrada na Praia Martim de Sá, após tratamento é solta pelo Instituto Argonauta

Fonte: Instituto Argonauta
Após 14 dias em tratamento na Base de Estabilização de São Sebastião, técnicos do Instituto Argonauta realizaram a soltura de uma gaivota (Larus dominicanus) nesta segunda-feira, 7, na Praia Grande, em São Sebastião.

O animal foi encontrado encalhado na praia Martim de Sá em Caraguatatuba, no último dia 24 de dezembro e foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros, que acionou a equipe do Instituto Argonauta.

A gaivota estava magra e debilitada, não se mantinha em pé, apresentava desidratação com incoordenação das patas, sugerindo quadro de intoxicação.
Passou por 14 dias em tratamento e agora se encontra apta para soltura.

A equipe do Instituto Argonauta orienta que ao encontrar um animal marinho debilitado, o ideal é não se aproximar, pois, dependendo da espécie, o mesmo pode se tornar agressivo caso se sinta ameaçado.
Para ajudar nesse trabalho de encalhes de aves, mamíferos ou tartarugas marinhas ligue para o PMP-BS 0800-6423341 ou diretamente para o InstitutoArgonauta: (12)3833-4863
(12)3834-1382 (Aquário de Ubatuba)
(12) 38335753
(12) 99705-6506 – whatsApp.