Etapa do Mundial de Surf é esperada com otimismo pelos comerciantes da praia de Maresias

 

Com a estrutura praticamente toda montada na areia da praia, quem vive do que vende já vem se preparando porque sabe que se tiverem boas ondas, não importa se com sol ou chuva, há a certa garantia de boas vendas.

O comerciante Aelson Novaes, 36 anos, há cinco trabalha nas areias de Maresias e para ele, a praia realmente precisa de eventos como estes que impulsionam o turismo e atraem público. “A minha expectativa com este evento é certamente a melhor. Já estou há alguns meses me preparando para isso e acredito que mesmo com chuva o movimento será muito bom”, disse.

Aos 23 anos, o folguista Ricardo Rodrigues Nascimento também acredita que a competição que irá reunir grandes nomes do surfe mundial será um sucesso. “Ah! Sem dúvida um movimento muito bom para Maresias e para a cidade. Estaremos aqui acompanhando de perto”, brincou.

Evento

Com início previsto para as 7h de quinta-feira (02/11) a competição, organizada pela World Surf League (WSL), terá status de QS 3000 e será a última chance de somar pontos no ranking mundial antes da Tríplice Coroa Havaiana, que fecha a temporada da WSL, no Havaí. Além disso, a etapa vai fechar o ranking regional da WSL South America, decidindo o título de campeão sul-americano de 2017.