Empreiteira da Tamoios se preocupa com abre e fecha das rodovias

A Concessionária Tamoios reproduz texto publicado nesta segunda-feira (23/3) no Jornal Estado de S. Paulo:

“Versus

Empreiteiras estão aflitas com as idas e vindas entre o governo de SP e prefeitos do litoral que querem paralisar obras de infraestrutura. Para a Queiroz Galvão, interromper a duplicação da rodovia dos Tamoios pode prejudicar a estrutura de viadutos e túneis. Se isso acontecer, a empresa deverá demitir cerca de 1.500 trabalhadores e prevê impacto na cadeia de fornecedores.”