Condenado a 14 anos de prisão homem que matou por dívida de R$ 20 em Caraguatatuba

Denúncia oferecida pelo promotor de Justiça Renato Queiroz de Lima levou à condenação de um homem que matou outro por conta de uma dívida de R$ 20 em Caraguatatuba. Em sessão do Tribunal do Júri realizada na última terça-feira (10/5), o réu recebeu pena de 14 anos de três meses de prisão em regime fechado.

O Judiciário acatou a tese da Promotoria de que o réu agiu por motivo torpe e com recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Segundo os autos, o condenado usou um objeto contundente que causou traumatismo cranioencefálico no outro homem. A vítima ficou internada por 17 dias, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: Ministério Público de SP