Casal viajava de carro na Dutra com 2,5 mil papelotes de cocaína e foi preso em Lorena

Pense em uma rodovia com 404 km ligando São Paulo ao Rio, como devem circular drogas de todos os tipos. O trabalho das polícias é incessante e quase diariamente ocorrem flagrantes com apreensão de entorpecentes e a prisão dos responsáveis.

Foi exatamente isto o que aconteceu na sexta-feira (11), quando uma equipe do BAEP (Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar), suspeito da forma como um motorista conduzia o seu veículo na Via Dutra, altura do km 50, por volta das 14h. Utilizando o rádio da viatura os policiais forneceram características do carro, bem como, placas, para a Central, que informou se tratar de um veículo já apreendido em outra oportunidade por transportar entorpecentes.

Diante desta informação, os policiais deram ordem de parada e abordaram um casal. Em princípio nada de ilícito foi encontrado, mas em dado momento a dupla revelou que escondera um pouco de droga no banco traseiro. Feita a inspeção, os policiais localizaram 2,5 mil papelotes de cocaína e uma quantia em dinheiro, supostamente proveniente da venda de drogas. A suspeita é que a droga estaria sendo levada para o Sul de Minas Gerais. A ocorrência foi na Via Dutra, altura do município de Lorena. O casal foi preso em flagrante e apresentado na Delegacia de Polícia Judiciária, permanecendo à disposição da Justiça. Para este tipo de crime, a pena varia de três a quinze anos.

Com informações da Comunicação Social da Polícia Militar SP