Caraguatatuba adere ao programa “Meu Emprego” viabilizado pelo Governo do Estado

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio de uma parceria com o Governo do Estado, aderiu ao programa “Meu Emprego”, uma plataforma que reúne, em um só lugar, iniciativas de qualificação profissional gratuitas para diversos setores do município.

A equipe do Fundo Social de Caraguatatuba se reuniu na quinta-feira (13/02) com representantes da secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso, Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), ETEC e Central de Atenção ao Egresso e Família (CAEF), para discutir sobre a plataforma e garantir que os munícipes sejam contemplados com o maior número de cursos possíveis.

Por meio da plataforma são oferecidos cursos dos programas Via Rápida, São Paulo Criativo, Novotec, Cidadão Trabalhador, Escola Mais Bonita, Pró-Egresso, Trabalho em Equipe, Fundo Social e Trabalho Inclusivo.

A ETEC em Caraguatatuba será uma das instituições executoras dos cursos, responsável pela contratação dos professores e pelo acompanhamento das aulas.

A presidente do Fundo Social, Samara Aguilar, destacou que já registraram os pedidos dos cursos de Salgadeiro, Biosaneamento, Construção com Bambu, Organização de Festas e Eventos, Recepcionista em Hotelaria e Cuidador de Idosos. “Solicitamos via plataforma e agora aguardamos o contato para liberação dessas oportunidades, desenvolvidas durante o ano”.

Samara ainda ressalta que o curso de Pizzaiolo divulgado nesta semana é via o programa Meu Emprego, já autorizado pelo Governo do Estado e em fase de inscrições.

Os cursos de qualificação profissional e empreendedora tem duração média de 100 horas, e são promovidos pelo Estado de São Paulo em parceria com o Centro Paula Souza, SEBRAE e outras organizações.

A definição dos cursos em cada município estará alinhada ao contexto econômico local e regional e será baseada em três pilares: valorização do trabalho, foco na empregabilidade e fomento ao empreendedorismo.

Com a soma de esforços e recursos, melhores oportunidades de qualificação serão ofertadas para a população, potencializando as vocações econômicas dos municípios e seu papel no desenvolvimento econômico do estado.