Bolsonaro trocou de cirurgião ao descobrir críticas ao governo

Miguel Srougi chamou presidente de “autoritário”, “truculento” e “inculto”

Às vésperas da cirurgia para a remoção de um cálculo na bexiga, o presidente Jair Bolsonaro decidiu trocar de médico e de hospital. A operação estava prevista para ser realizada no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, com o urologista Miguel Srougi. Agora, porém, será feita pelo urologista Leonardo Borges no Hospital Israelita Albert Einstein, onde Bolsonaro ficou internado por três semanas após sofrer uma facada, em setembro de 2018. O procedimento está previsto para às 10h30 desta sexta-feira (25).

A mudança do profissional ocorreu após Bolsonaro tomar conhecimento de críticas de Srougi à sua atuação diante da pandemia da Covid-19. O renomado médico, de 73 anos, já operou diversas autoridades, incluindo os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Michel Temer (MDB). Procurado, Srougi afirmou que não iria comentar o assunto.

Com informações Pleno News