Aquário de Ubatuba inicia reforma da academia ao ar livre e pavimentação da Praça da Baleia

O Aquário de Ubatuba que tem a Praça da Baleia como sua adotada, toma a iniciativa de realizar uma nova benfeitoria, neste logradouro público que é um dos cartões de visita da cidade, estando localizada no belo bairro do Itaguá. Elogiável essa manifestação concreta de amor e dedicação à Ubatuba. Que esse exemplo contagie as demais empresas da cidade.

Fonte: Aquário de Ubatuba
Dando sequência à pioneira iniciativa de parceria com o prefeito Délcio José Sato, no início da sua gestão, que permitiu a adoção da Praça da Baleia pelo Aquário de Ubatuba, a instituição inicia a reforma da academia ao ar livre.
Preocupado com o bem estar comum e sempre contribuindo para a cidade, o Aquário de Ubatuba já colocou lixeiras por toda a Praça da Baleia, reformou o monumento que faz jus ao nome da praça, fez manutenção das bombas do lago, da poda e do mato (essa com auxílio dos empresários Neoci, do Restaurante Gauchão e Júlio do Rei do Camarão), fez doação de madeira para parapeito do Rio Tavares que colocava em risco a vida das pessoas. Pensando em mais um atrativo, realizou investimento para colocação da estátua do Jacques Cousteau. Além disso, colocou o parquinho na Av. 9 de Julho, sendo o primeiro na cidade desse estilo, replicado por diversos empresários no calçadão. Também investiu no projeto para a reforma da ponte Guarani, que está com problemas na estrutura e em breve será reformada. Outro feito, juntamente com empresários do entorno, está reformando a iluminação da Rua Guarani, tão movimentada e de destaque na cidade.
A reforma da academia é mais uma iniciativa do Aquário de Ubatuba. “Sabemos da dificuldade enfrentada pelo atual prefeito com a falta de recursos. Ubatuba não recebe royalties. Pretendemos com essa iniciativa, dar exemplo para outros empresários da cidade fazerem o mesmo em outras áreas. Infelizmente os equipamentos da academia adquiridos pela outra gestão, na época em que foram instalados, não eram adequados para o litoral, pois não tem tratamento antiferrugem. Quando assumimos a praça fizemos uma reforma nos aparelhos, mas a corrosão se instala com facilidade. Dessa forma vamos iniciar a reforma usando material adequado à corrosão”, destaca Hugo Gallo Neto, diretor do Aquário de Ubatuba.