Advogado de 43 anos é morto com cinco tiros em Ubatuba. Filha da vítima confessa ter sido a mandante

Foto: imagem da Delegacia de Polícia Civil/Mario de Oliveira para o Ubatuba Acontece
O assassinato do advogado chocou a cidade de Ubatuba
O advogado Luciano Pedroso de Toledo, 43 anos, que estava desaparecido desde quarta-feira, 7, foi encontro morto em sua residência com cinco perfurações à bala. A filha única e o namorado são os principais suspeitos.
Na quinta-feira, 8, a jovem confessou que pagou uma pessoa para assassinar o advogado. Segundo ela, tudo foi planejado por ela e o namorado. O crime estava premeditado há duas semanas.
O corpo da vítima foi encontrado num dos cômodos da residência por um membro da família, com as marcas de cinco tiros. A polícia foi acionada.
Nas declarações da jovem, ela denuncia o pai por abuso sexual desde os 9 anos de idade. A mandante do crime aparentou frieza o tempo todo. O namorado é conhecido da polícia como autor de roubo e furto.
O setor de investigações da Polícia Civil trabalha a partir das declarações da suspeita, para a identificação e prisão do autor do crime.